Joel Fabrício Ortiz

Publicado por em dez 23, 2017 em Blog, Notas de Falecimento | 3 comments

Joel Fabrício Ortiz

CNF de 1961 a 1965

Recebi hoje, 23 dez 2017, por dois de seus irmãos (Caio e Silvério) a triste notícia do falecimento do Joel após vários meses  de sofrimento e tentativas de superação… Joel teve três irmãos no CNF: Fabrício, Silvério e Caio.

O velório se realizará amanhã dia 24, das 11:00 h às 13:00 h no Memorial do Carmo, no Caju.
  • Afonso Brito Chermont

    Recebo consternado o falecimento de Joel Ortiz. Fui contemporâneo dele entre 58 e 64. Frequentei a casa dos Ortiz, no Rio, fui hospede deles na Tijuca onde moravam. Conheci o Dr. Ortiz, engenheiro da Petrobras, chefe de família, ligado a música, tocava violão e, vez por outra, nos dava exibição de seu enorme talento comparado, á época, ao tocar de João Gilberto. D. Moema era a esposa e mãe de todos inclusive quando eu era hospede me ficava sob sua atenta e rigorosa supervisão. Os meninos Silvério, Fabrício, Caio e Joel todos foram meus colegas no CNF. Fui muito ligado ao Silvério e Caio meus amigos bem próximos. Joel era mais novinho, chegou ao CNF um pouco depois; ganhou o apelido de Brucutu. Tinha um corpo avantajado, era forte com aspecto bem saudável, aliás como toda a família. Naqueles anos 1958 até 1964 . Havia uma menina que se tornou uma pianista de grande prestigio internacional, Cristina Ortiz. Nos encontros do CNF em Friburgo perguntava por Joel e tinha a informação que ele estava um tanto adoentado. Fiquei abatido com a noticia do falecimento de Brucutu, Joel que percebo na Nota dos irmãos vinha doente já ha algum tempo. À família
    o meu carinho. Peço a Deus pela sua alma. Afonso Chermont

  • Afonso Brito Chermont

    fonso Brito Chermont • 23 minutos atrás
    Recebo consternado o falecimento de Joel Ortiz. Fui contemporâneo dele entre 58 e 64. Frequentei a casa dos Ortiz, no Rio, fui hospede deles na Tijuca onde moravam. Conheci o Dr. Ortiz, engenheiro da Petrobras, chefe de família, ligado a música, tocava violão e, vez por outra, nos dava exibição de seu enorme talento comparado, á época, ao tocar de João Gilberto. D. Moema era a esposa e mãe de todos inclusive quando eu era hospede me ficava sob sua atenta e rigorosa supervisão. Os meninos Silvério, Fabrício, Caio e Joel todos foram meus colegas no CNF. Fui muito ligado ao Silvério e Caio meus amigos bem próximos. Joel era mais novinho, chegou ao CNF um pouco depois; ganhou o apelido de Brucutu. Tinha um corpo avantajado, era forte com aspecto bem saudável, aliás como toda a família. Naqueles anos 1958 até 1964 . Havia uma menina que se tornou uma pianista de grande prestigio internacional, Cristina Ortiz. Nos encontros do CNF em Friburgo perguntava por Joel e tinha a informação que ele estava um tanto adoentado. Fiquei abatido com a noticia do falecimento de Brucutu, Joel que percebo na Nota dos irmãos vinha doente já ha algum tempo. À família
    o meu carinho. Peço a Deus pela sua alma. Afonso Chermont

    •Responder•Compartilhar ›

  • Afonso Brito Chermpnt

    Família Ortiz — Logo que li a nota comunicando o passamento de Joel Ortiz quis registrar algumas lembranças de convivência com os Ortiz. Lembrei de algumas passagens em que eu fui participe na relação com a família. Posteriormente, ainda pensando sobre, dei conta ter esquecido, ou melhor, cometido uma omissão imperdoável: quando falei dos meninos esqueci de citar o mais novo, Léo Ortiz, que não estudou no Colégio Nova Friburgo, pelo menos quando eu estive por lá. Nos encontros do CNF em Friburgo soube que Léo estava na Paraíba onde chegou a ser regente da Orquestra Sinfônica. Léo, o mais novo, tem ido com certa rotina aos encontros de Setembro e toda violino com o nossos músicos do sexagenário Conjunto Papoula: Silvério , Mussi, Aluísio, Paulo Eurico, e outros, todos, grandes tocadores. Faço esse registro, para, mais uma vez, mostrar meu carinho à família, ao Léo, e a todos nós que decidimos entre nós todos manter uma elevada convivência que tem como base nossa saudável juventude. Afonso Chermont


Warning: unlink(./.ips1.txt): Permission denied in D:\home\gnfcnf.org.br\wwwroot\wordpress\wp-content\themes\_Modest\footer.php on line 2